Vacina contra a poliomielite

O que é a poliomielite?

A poliomielite é uma doença causada por um vírus. Ela entra no corpo pela boca. Normalmente, a poliomielite não causa doença grave. Mas algumas vezes ela causa paralisia (a pessoa não consegue mover o braço ou a perna) e pode causar meningite (irritação do revestimento do cérebro).

A poliomielite pode matar, normalmente por paralisia dos músculos que ajudam na respiração. A poliomielite costumava ser muito comum nos Estados Unidos. Essa doença paralisava e matava milhares de pessoas todo ano, antes de termos a vacina.

Por que se vacinar?

A vacina inativada contra a poliomielite (IPV) pode prevenir a poliomielite.

Histórico: Uma epidemia de poliomielite nos Estados Unidos em 1916 matou 6.000 pessoas e paralisou mais 27.000. No início dos anos 50, havia mais de 25.000 casos de poliomielite relatados todo ano. A vacinação contra a poliomielite começou em 1955. Em 1960, o número de casos relatados tinha caído para cerca de 3.000 e em 1979 havia apenas dez. O sucesso da vacinação contra a poliomielite nos Estados Unidos e em outros países disseminou um esforço mundial para eliminar a poliomielite.

Hoje: A poliomielite foi eliminada dos Estados Unidos. Mas essa doença ainda é comum em algumas partes do mundo. Uma única pessoa infectada com o vírus da poliomielite vinda de outro país poderia levar a doença de volta para os Estados Unidos, se não nos protegêssemos com a vacina. Se o esforço de eliminar a doença do mundo for bem-sucedido, algum dia não precisaremos mais da vacina contra a poliomielite. Até esse dia, precisamos continuar vacinando as crianças.

Quem deve tomar a vacina contra a poliomielite e quando?

A IPV é uma injeção aplicada na perna ou no braço, dependendo da idade. Pode ser aplicada ao mesmo tempo que outras vacinas.

Crianças

As crianças tomam quatro doses de IPV, nas seguintes idades:

  • Uma dose aos dois meses
  • Uma dose aos quatro meses
  • Uma dose entre os seis e os 18 meses
  • Uma dose de reforço entre 4 a 6 anos

Algumas vacinas de “combinação” (várias vacinas diferentes na mesma injeção) contêm IPV. As crianças que tomam essas vacinas podem tomar uma dose a mais (a 5a) da vacina contra a poliomielite. Isso não é um problema.

Adultos

A maioria dos adultos de 18 anos ou mais não precisa tomar a vacina contra poliomielite porque já foram vacinados quando crianças. Mas alguns adultos têm risco maior e devem pensar em se vacinar contra a poliomielite:

  • as pessoas que viajam para áreas do mundo em que a poliomielite é comum
  • trabalhadores de laboratório com a possibilidade de lidar com o vírus da poliomielite
  • trabalhadores da área da saúde que tratam pacientes com poliomielite

Os adultos desses três grupos:

  • que nunca foram vacinados contra a poliomielite deverão tomar três doses de IPV:
  • duas doses com diferença de um a dois meses uma da outra e
  • uma terceira dose de seis a 12 meses depois da segunda.
  • quem tomou uma ou duas doses da vacina contra a poliomielite no passado deverá tomar as outras doses restantes. Não importa quanto tempo faz desde que a última dose foi tomada.
  • quem tomou três ou mais doses da vacina contra a poliomielite no passado pode tomar uma dose de reforço de IPV. O médico pode fornecer mais informações.

Algumas pessoas não devem tomar a IPV ou devem esperar.

Estas pessoas não devem tomar a IPV:

  • Qualquer pessoa com alergia grave a qualquer componente da IPV, incluindo a neomicina antibiótica, a estreptomicina ou a polimixina B, não deverá tomar a vacina contra a poliomielite. Diga ao médico se tiver alguma alergia grave.
  • Qualquer pessoa que teve uma reação alérgica a uma dose anterior da vacina contra a poliomielite não deve tomar outra dose.

Estas pessoas deverão esperar:

  • As pessoas moderada ou gravemente doente no momento da vacina normalmente devem esperar até se recuperar, antes de tomar a vacina contra a poliomielite.
  • As pessoas com doenças leves, como resfriado, podem ser vacinadas.
  • Peça ao médico mais informações.

Quais são os riscos da IPV?

Algumas pessoas que tomam a IPV ficam com sensibilidade no local da injeção. Não se tem conhecimento de qualquer problema causado pela IPV e a maioria das pessoas que a toma não tem problemas.

No entanto, qualquer medicamento poderia causar um problema sério, como uma reação alérgica grave ou até mesmo morte. O risco de a vacina contra a poliomielite causar uma lesão séria é extremamente pequeno.

E se houver uma reação grave?

O que devo observar?

  • Observe qualquer coisa que possa parecer preocupante, como:
    • sinais de reações alérgicas graves
    • febre muito alta
    • alterações comportamentais.
  • Os sinais de uma reação alérgica grave incluem:
    • urticária
    • inchaço no rosto ou na garganta
    • dificuldade para respirar
    • taquicardia
    • tontura
    • fraqueza
  • normalmente de poucos minutos a algumas horas após a vacinação.

O que se deve fazer?

  • Se você acha que é uma reação alérgica grave ou outra emergência que não pode esperar, ligue para o serviço de emergência local ou leve a pessoa ao hospital mais próximo. Caso contrário, chame o seu médico.
  • Conte ao médico o que aconteceu, a data e hora em que aconteceu a reação e quando a vacina foi administrada.

Fontes de informação

Adaptado da Coalizão de Ação de Imunização, Declarações de Informações sobre Vacinas.