Vacina contra a meningite meningocócica dos sorogrupos A, C, W, Y – MenACWY e MPSV4

Por que tomar a vacina?

A doença meningocócica é uma doença grave causada por um tipo de bactéria denominada Neisseria meningitidis. Pode causar a meningite (infecção das membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal) e infecções do sangue. A doença meningocócica muitas vezes manifesta-se sem aviso – mesmo em pessoas saudáveis.

A doença meningocócica pode ser transmitida de pessoa para pessoa por contato próximo (tosse ou beijo) ou por contato prolongado, principalmente entre pessoas que moram na mesma casa.

Existem pelo menos 12 tipos de N. meningitidis, denominados “sorogrupos”. Os sorogrupos A, B, C, W e Y causam a maioria das doenças meningocócicas.

Qualquer pessoa pode contrair a doença meningocócica, mas certas pessoas têm um risco mais elevado, tais como:

  • Bebês com menos de um ano de idade
  • Adolescentes e adultos jovens de 16 a 23 anos de idade
  • Pessoas com certos problemas de saúde que afetam o sistema imunológico
  • Microbiologistas que trabalham rotineiramente com amostras isoladas de N. meningitidis
  • Pessoas que estejam em risco devido a um surto na comunidade

Mesmo quando tratada, a doença meningocócica mata 10 a 15 pessoas em cada 100 pessoas infectadas. Das que sobrevivem, cerca de 10 a 20 em cada 100 pessoas sofrem
deficiências, tais como:

  • perda da audição
  • danos cerebrais
  • danos renais
  • amputações
  • problemas do sistema nervoso
  • cicatrizes profundas decorrentes de enxertos cutâneos.

As vacinas contra Meningite Meningocócica ACWY podem ajudar a prevenir a doença meningocócica causada pelos sorogrupos A, C, W e Y. Uma vacina meningocócica diferente encontra-se disponível para ajudar a proteger as pessoas contra o sorogrupo B.

Vacinas meningocócicas ACWY

Existem dois tipos de vacina contra meningite meningocócica licenciadas pela Food and Drug Administration (FDA) para fins de proteção contra os sorogrupos A, C, W e Y: vacina meningocócica conjugada (MenACWY) e vacina meningocócica polissacarídica (MPSV4).

São recomendadas duas doses da vacina MenACWY como rotina para adolescentes de 11 a 18 anos de idade:

  • a primeira dose aos 11 ou 12 anos
  • uma dose de reforço aos 16 anos de idade.

Alguns adolescentes, incluindo os adolescentes com HIV, devem receber doses adicionais. Solicite mais informações a um profissional de saúde.

Além da vacinação de rotina para adolescentes, a vacina MenACWY também é recomendada para determinados grupos de pessoas:

  • Pessoas que estejam em risco de um surto de doença meningocócica do sorogrupo A, C, W ou Y
  • Qualquer pessoa com lesões no baço ou cujo baço tenha sido retirado
  • Qualquer pessoa com um distúrbio raro do sistema imunológico denominado “deficiência persistente de componente complementar”
  • Qualquer pessoa que esteja em tratamento com um medicamento denominado eculizumabe (também denominado Soliris ®)
  • Microbiologistas que trabalham rotineiramente com amostras isoladas de N. meningitidis
  • Qualquer pessoa que esteja morando ou viajando para uma parte do mundo onde a doença meningocócica é comum, como partes da África
  • Calouros universitários que morem em dormitórios
  • Recrutas militares dos EUA

Crianças entre 2 e 23 meses de idade e pessoas com certos problemas de saúde que precisam de várias doses para fins de proteção adequada. Solicite ao profissional de saúde o número de aplicações e o respectivo calendário das doses, além da necessidade de doses de reforço.

A vacina MenACWY é a vacina preferida para as pessoas desses grupos que têm entre 2 meses e 55 anos de idade, que receberam a vacina MenACWY anteriormente ou com necessidade de múltiplas doses.

A vacina MPSV4 é recomendada para adultos com mais de 55 anos de idade com necessidade de uma dose única (viajantes ou durante surtos na comunidade).

Algumas pessoas não devem tomar esta vacina

Informe à pessoa que está administrando a vacina:

  • Se você tem alguma alergia grave e que pode ser fatal.
    • Caso já tenha tido uma reação alérgica potencialmente fatal após uma dose anterior da vacina MenACWY, ou se tiver uma alergia grave a qualquer componente dessa vacina, você não deverá ser vacinado. Seu médico poderá lhe informar sobre os componentes da vacina.
  • Se você estiver grávida ou amamentando.
    • Não existem muitas informações sobre os riscos potenciais desta vacina para mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Ela só deve ser usada durante a gravidez se for realmente necessário.

Se estiver ligeiramente adoentado(a), por exemplo, com um resfriado, você pode provavelmente tomar a vacina hoje. Se estiver moderada ou gravemente doente, você deve provavelmente aguardar até estar plenamente recuperado(a). Seu médico pode orientá-lo(a).

Riscos de uma reação à vacina

Como ocorre com qualquer medicamento, inclusive as vacinas, é possível ocorrer efeitos colaterais. Geralmente eles são brandos e desaparecem espontaneamente em poucos dias, mas também é possível ocorrer reações graves.

Mais da metade das pessoas que tomam a vacina MenACWY têm problemas brandos após a vacinação, como vermelhidão ou sensibilidade no local da injeção. Se esses problemas ocorrerem, podem durar cerca de um a dois dias. São mais comuns após a vacina MenACWY do que após a MPSV4.

Uma pequena porcentagem de pessoas que recebem a vacina apresenta uma febre branda.

Problemas que podem surgir após a administração de qualquer vacina injetável:

  • As pessoas às vezes desmaiam após um procedimento médico, incluindo a vacinação.
    • Sentar-se ou deitar-se por cerca de 15 minutos pode ajudar a evitar desmaios e lesões causadas por uma queda.
    • Informe o médico se:
      • sentir tonteiras
      • tiver alterações de visão
      • zumbido nos ouvidos.
  • Algumas pessoas têm dores fortes no ombro e dificuldade de movimentar o braço no qual foi administrada a injeção. Isso acontece muito raramente.
  • Qualquer medicamento pode causar uma reação alérgica grave. Essas reações à uma vacina são muito raras, estimando-se cerca de uma ocorrência em um milhão de doses, e geralmente ocorrem dentro de poucos minutos a algumas horas após a vacinação.

Assim como ocorre com qualquer medicamento, existe uma possibilidade muito remota de a vacina causar lesões graves ou morte.

A segurança das vacinas está sempre sendo monitorada.

E se houver uma reação grave?

O que devo observar?

  • Observe qualquer coisa que possa parecer preocupante, como:
    • sinais de reações alérgicas graves
    • febre muito alta
    • alterações no comportamento.
  • Os sinais de uma reação alérgica grave incluem:
    • urticária
    • inchaço no rosto ou na garganta
    • dificuldade para respirar
    • taquicardia
    • tontura
    • fraqueza
  • normalmente de poucos minutos a algumas horas após a vacinação.

O que se deve fazer?

  • Se você acha que é uma reação alérgica grave ou outra emergência que não pode esperar, ligue para o serviço de emergência local ou leve a pessoa ao hospital mais próximo. Caso contrário, chame o seu médico.
  • Conte ao médico o que aconteceu, a data e hora em que aconteceu a reação e quando a vacina foi administrada.

Fontes de informação

Adaptado da Coalizão de Ação de Imunização, Declarações de Informações sobre Vacinas.