Vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B

Por que vacinar?

A doença por Haemophilus Influenzae tipo b (Hib) é uma doença séria provocada por bactérias. Normalmente, ela afeta crianças com menos de 5 anos de idade. Ela também pode afetar adultos com certos problemas médicos.

Seu filho pode contrair doença por Haemophilus Influenzae tipo B pelo contato com outras crianças ou adultos que podem ser portadores da bactéria sem saber. Os germes são transmitidos de pessoa para pessoa. Se os germes permanecerem no nariz e na garganta da criança, ela provavelmente não adoecerá. Mas, às vezes, os germes se espalham para os pulmões ou para a corrente sanguínea, e aí o Haemophilus Influenzae tipo B pode causar problemas sérios. Isso é chamado doença invasiva por Haemophilus Influenzae tipo B.

Antes da vacina Haemophilus Influenzae tipo B, a doença por Hib era a causa principal de meningite bacteriana entre crianças com menos de 5 anos nos Estados Unidos. A meningite é uma infecção do revestimento do cérebro e da medula espinhal. Ela pode provocar dano cerebral e surdez. A doença por Haemophilus Influenzae tipo B também pode causar:

  • pneumonia
  • inchaço intenso na garganta, dificultando a respiração
  • infecções do sangue, das articulações, dos ossos e do revestimento do coração
  • morte

Antes da vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B, cerca de 20.000 crianças nos Estados Unidos com menos de 5 anos tinham doença por Haemophilus Influenzae tipo B todos os anos, e cerca de 3% a 6% delas morriam.

A vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B pode prevenir a doença por Haemophilus Influenzae tipo B. Desde que o uso da vacina Haemophilus Influenzae tipo B começou, o número de casos de doença invasiva por Haemophilus Influenzae tipo B diminuiu mais de 99%. Muitas outras crianças teriam doença por Haemophilus Influenzae tipo B se parássemos de vacinar.

Vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B

Existem várias marcas diferentes de vacina Haemophilus Influenzae tipo B disponíveis. Seu filho receberá 3 ou 4 doses, dependendo da vacina que será usada.

Geralmente, as doses de vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B são recomendadas nas seguintes idades:

  • Primeira dose: 2 meses de idade
  • Segunda dose: 4 meses de idade
  • Terceira dose: 6 meses de idade (se necessário, dependendo da marca da vacina)
  • Dose final/de reforço: 12–15 meses de idade

A vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B pode ser tomada ao mesmo tempo que outras vacinas.

A vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B pode ser tomada como parte de uma vacina combinada. As vacinas combinadas são preparadas quando dois ou mais tipos de vacinas são combinados em uma só injeção para que uma só vacinação possa proteger contra mais de uma doença.

Crianças com mais de 5 anos de idade e adultos normalmente não precisam de vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B. Mas ela pode ser recomendada para crianças maiores ou adultos sem baço ou com doença falciforme, antes de uma cirurgia para retirar o baço, ou após um transplante de medula óssea. Ela também pode ser recomendada para pessoas de 5 a 18 anos de idade com HIV (vírus da
imunodeficiência humana). Peça detalhes ao seu médico.

O seu médico ou a pessoa que aplicar a vacina poderá fornecer mais informações.

Algumas pessoas não devem tomar essa vacina

A vacina Haemophilus Influenzae tipo B não deve ser aplicada em bebês com menos de 6 semanas de idade.

Uma pessoa que já tenha tido uma reação alérgica com risco de morte depois de uma dose anterior da vacina Haemophilus Influenzae tipo B, OU que tenha alergia grave a qualquer componente desta vacina, não deve tomar a vacina Haemophilus Influenzae tipo B. Informe a pessoa que aplicar a vacina sobre quaisquer alergias graves.

As pessoas que estiverem levemente doentes podem tomar a vacina Haemophilus Influenzae tipo B. As pessoas que estiverem moderada ou gravemente doentes devem provavelmente esperar até que se recuperem. Fale com o profissional da saúde se a pessoa que for tomar a vacina não estiver se sentindo bem no dia marcado para a aplicação da injeção.

Riscos de uma reação à vacina

Com qualquer remédio, incluindo vacinas, há uma possibilidade de haver efeitos colaterais. Esses efeitos são geralmente leves e desaparecem por si. Reações sérias também são possíveis, mas são raras.

A maioria das pessoas que toma a vacina contra Haemophilus Influenzae tipo B não apresenta nenhum problema.

Problemas leves após a vacina Haemophilus Influenzae tipo B:

  • vermelhidão, calor ou inchaço no local da injeção
  • febre

Esses problemas são incomuns. Se ocorrerem, eles geralmente começam logo depois da injeção e duram 2 ou 3 dias.

Problemas que podem acontecer depois de qualquer vacina:

Qualquer medicação pode causar uma reação alérgica grave. Essas reações a uma vacina são muito raras. Estima-se que ocorram em menos de 1 em um milhão de doses e, se houver uma reação alérgica, esta acontecerá dentro de alguns minutos a algumas horas após a vacinação.

Como acontece com qualquer remédio, existe uma possibilidade muito remota de uma vacina causar dano sério ou morte.

Crianças maiores, adolescentes e adultos também podem apresentar os seguintes problemas após qualquer vacina:

  • Às vezes, as pessoas desmaiam depois de um procedimento médico, incluindo uma vacinação.
  • Sentar-se ou deitar-se por cerca de 15 minutos pode ajudar a prevenir desmaios e lesões causadas por quedas.
  • Fale com seu médico se você:
    • sentir tontura
    • tiver alterações na visão
    • tiver zumbido nos ouvidos.
  • Algumas pessoas sentem dor intensa no ombro e têm dificuldade de mover o braço no qual a vacina foi aplicada. Isso acontece muito raramente.

A segurança das vacinas é monitorada continuamente.

E se houver uma reação séria?

O que devo procurar?

  • Procure qualquer coisa preocupante, como sinais de uma reação alérgica grave, febre muito alta ou comportamento incomum.

Os sinais de uma reação alérgica grave podem incluir:

  • urticária
  • inchaço do rosto e da garganta
  • dificuldade para respirar
  • batimentos cardíacos acelerados
  • tontura
  • fraqueza.

Esses sintomas geralmente começam alguns minutos a algumas horas depois da aplicação da vacina.

O que eu devo fazer?

• Se você acha que é uma reação alérgica grave ou outra emergência que não pode esperar, ligue para o serviço de emergência local ou leve a pessoa ao hospital mais próximo. Caso contrário, chame o seu médico.

Fontes de informação

Adaptado da Coalizão de Ação de Imunização, Declarações de Informações sobre Vacinas.