Vacina contra a catapora (varicela)

Por que vacinar?

A catapora (também chamada varicela) é uma doença infantil comum. Normalmente é leve, mas pode ser grave, especialmente em bebês e adultos.

  • Provoca erupções na pele, coceira, febre e cansaço.
  • Pode levar a infecções graves da pele, cicatrizes, pneumonia, dano cerebral ou morte.
  • O vírus da catapora pode ser passado de pessoa para pessoa pelo ar ou pelo contato com o fluido das bolhas da catapora.
  • Uma pessoa que tiver tido catapora pode ter uma erupção dolorosa na pele chamada zóster anos depois.
  • Antes da vacina, cerca de 11.000 pessoas eram hospitalizadas por causa da catapora todos os anos nos Estados Unidos.
  • Antes da vacina, cerca de 100 pessoas morriam por causa da catapora todos os anos nos Estados Unidos.

A vacina contra catapora pode prevenir contra a catapora.

A maioria das pessoas que toma a vacina contra catapora não terá catapora. Mas se alguém que tiver sido vacinado pegar a catapora, normalmente ela é leve. A pessoa terá menos bolhas, terá menos propensão à febre e se recuperará mais rapidamente.

Quem deve tomar a vacina contra catapora e quando?

Rotina

As crianças que nunca tiveram catapora deverão tomar duas doses da vacina contra a catapora nas seguintes idades:

  • 1a dose: 12 a 15 meses de idade
  • 2a dose: 4 a 6 anos de idade (pode ser tomada antes, se tiver passado pelo menos três meses da primeira dose)

As pessoas de 13 anos ou mais (que nunca tiveram catapora ou nunca receberam a vacina contra a catapora) deverão tomar duas doses com pelo menos 28 dias de diferença entre elas.

Reforço

Qualquer pessoa que não tiver sido completamente vacinada e nunca tiver tido catapora deverá receber uma ou duas doses da vacina contra a catapora. O tempo dessas doses depende da idade da pessoa. Pergunte ao médico.

A vacina contra a catapora pode ser aplicada ao mesmo tempo que outras vacinas.

Observação: Uma vacina de “combinação” chamada MMRV, que contém as vacinas da catapora e MMR, pode ser aplicada, em vez das duas vacinas individuais, em pessoas de 12 anos de idade ou menos.

Algumas pessoas não devem tomar a vacina contra a catapora ou devem esperar.

  • As pessoas não devem tomar a vacina contra a catapora se tiverem tido uma reação alérgica a uma dose anterior da vacina contra a catapora, à gelatina ou à neomicina
    antibiótica.
  • As pessoas moderada ou gravemente doentes no momento da vacina normalmente devem esperar até se recuperar, antes de tomar a vacina contra a catapora.
  • As mulheres grávidas devem esperar para tomar a vacina contra catapora depois do parto. As mulheres não devem engravidar até um mês depois de terem tomado a vacina contra a catapora.
  • Algumas pessoas devem perguntar ao médico se devem tomar a vacina contra a catapora, incluindo qualquer pessoa que:
    • Tiver HIV/AIDS ou outra doença que afeta o sistema imunológico.
    • Estiver sendo tratada com fármacos que afetam o sistema imunológico, como esteroides, por duas semanas ou mais.
    • Tiver qualquer tipo de câncer.
    • Estiver fazendo tratamento contra o câncer com radiação ou fármacos.
  • As pessoas que tiverem feito recentemente uma transfusão ou que tiverem recebido outros produtos do sangue deverão perguntar ao médico quando podem tomar a vacina contra a catapora.

Peça ao médico mais informações.

Quais são os riscos da vacina contra a catapora?

Uma vacina, como qualquer medicamento, pode causar problemas sérios, como reações alérgicas graves. O risco de a vacina contra a catapora causar um dano sério ou morte é
extremamente pequeno.

Tomar a vacina contra a catapora é muito mais seguro que pegar a catapora. A maioria das pessoas que toma a vacina contra a catapora não tem problemas. As reações têm maior
probabilidade de acontecer depois da primeira dose do que depois da segunda dose.

Problemas leves

  • Sensibilidade ou inchaço no local da injeção (em cerca de 1 em cada 5 crianças e em até 1 em cada 3 adolescentes e adultos)
  • Febre (1 pessoa em cada 10, ou menos)
  • Erupções cutânea leves, até um mês depois de ter tomado a vacina (1 pessoa em cada 25). É possível que as pessoas com catapora passem o vírus para outros membros da
    família, mas é extremamente raro.

Problemas moderados

  • Convulsões (espasmos musculares ou olhos parados) causadas por febre (muito raro).

Problemas graves

  • Pneumonia (muito raro)

Outros problemas sérios, incluindo reações graves do cérebro e hemograma baixo, foram relatados depois da vacina contra catapora. Esses problemas são tão raros que os especialistas não têm certeza de que eles sejam causados pela vacina. Se forem, são extremamente raros.

Observação:

  • A primeira dose da vacina MMRV foi associada a erupções cutâneas e a taxas mais altas de febre que as vacinas da MMR e da varicela aplicadas separadamente. Erupções cutâneas foram relatadas em cerca de 1 pessoa em cada 20, e febre, em cerca de 1 pessoa em cada 5.
  • Convulsões causadas por febre também são relatadas com mais frequência depois da MMRV. Essas reações normalmente ocorrem de 5 a 12 dias depois da primeira dose.

E se houver uma reação grave?

O que devo procurar?

  • Procure qualquer coisa preocupante, como sinais de uma reação alérgica grave, febre muito alta ou mudanças de comportamento.
  • Sinais de uma reação alérgica grave podem incluir:
    • manchas em forma de colmeia pelo corpo
    • inchaço do rosto e da garganta
    • dificuldade para respirar
    • batimentos cardíacos acelerados
    • tontura
    • fraqueza
  • Esses sintomas se apresentariam alguns minutos ou algumas horas depois da aplicação da vacina.

O que eu devo fazer?

• Se você acha que é uma reação alérgica grave ou outra emergência que não pode esperar, ligue para o serviço de emergência local ou leve a pessoa ao hospital mais próximo. Caso contrário, chame o seu médico.

Fontes de informação

Adaptado da Coalizão de Ação de Imunização, Declarações de Informações sobre Vacinas.